Após escândalo sobre sauna gay vaticano elege novo papa

0
Fumaça branca capela

Um escândalo estourou essa semana durante o conclave de escolha do novo Papa, um prédio histórico em Roma que é sede de um departamento do Vaticano também é o local onde funciona uma conhecida sauna gay. A sauna Europa Multiclub é considerada a maior sauna gay da Europa, nela há banhos turcos e banheiras de hidromassagem, entre outras atrações.

Segundo o “The independent” a Santa Sé pagou 20 milhões de euros (quase R$ 51 milhões) em 2008 por cerca de 20 apartamentos para a Congregação para a Evangelização dos Povos. Um dos residentes do prédio é o cardeal Ivan Dias. O Vaticano não comentou a proximidade da sauna com o departamento responsável pelas atividades missionárias católicas. 
Mas, o cardeal Ivan Dias afirmou no passado que gays e lésbicas poderiam ser curados de suas “tendências anormais” através do “sacramento da penitência” Dias, que é indiano, participa do conclave para eleger um novo papa. Ao que tudo indica, Ivan Dias, que lidera a Congregação para a Evangelização dos Povos, vive no mesmo andar onde funciona a sauna. Descrito como um conservador, o cardeal terá ficado “horrorizado” com a descoberta.

No dia de hoje a Igreja Católica ganhou um novo Papa, o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, que será chamado Papa Francisco I é o novo representante da religião católica. Esperamos que esse novo Papa não esconda os escândalos sexuais da igreja, como pedofilia e que tenha um pensamento inovador quanto a homossexualidade, pode ser que estejamos prestes a vivermos em um novo tempo, de paz e harmonia.

Facebook A Liga Gay

Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest