Argentina: Padre é expulso da igreja por apoiar o casamento Gay

0
Padre José Nicolas Alessio


A igreja Católica costuma sempre afastar os padres que concordam e apoiam o casamento gay, e dessa vez não foi diferente. O padre argentino José Nicolás Alessio foi expulso da Igreja Católica por ser favorável ao casamento homossexual. E parece que a história não acaba aí, o Papa estaria envolvido na expulsão do Padre.

“Mais de 30 (anos) servindo ao povo de Deus não significam nada para a Igreja Católica. Tudo porque eu fui ter uma opinião diferente do arcebispo”, escreveu Alessio em seu perfil no Facebook.

O arcebispo em questão é o papa Francisco I. No ano de 2010, durante a briga da Igreja com o governo da presidente Cristina Kirchner, que conseguiu legalizar o casamento gay, Alessio se declarou favorável ao tema. O padre foi suspenso e as investigações sobre ele foram conduzidas pelo papa que na época era arcebispo de Buenos Aires.

O Padre recebeu um comunicado bem breve sobre a sua demissão da igreja católica, porém, diz que não irá abandonar a igreja, nem a vida que leva. Pois, escolheu desde adolescente ser padre.

Facebook A Liga Gay

Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest