Ativistas LGBT Apresentam Reivindicações para a Presidenta Dilma

0
Dilma LGBT

Ontem, dia 28 de Junho, quando é comemorado o Dia mundial do Orgulho LGBT, a Presidenta Dilma Rousseff Recebeu representantes do movimento de Lésbicas, Gays, Bissexuais Travestis e Transexuais (LGBT). Na oportunidade ela fotografou com a Bandeira LGBT, Fernando Henrique Cardoso e Lula já fotografaram com a bandeira durante as suas gestões, mas a presidenta ainda não havia fotografado.

Os/as ativistas entregaram para a presidenta a Carta Pública das Entidades do Movimento de LGBT do Brasil. Nela consta as principais reivindicações como:

– a aprovação de uma lei que puna os crimes de ódio e intolerância (incluindo discriminação e a violência) por orientação sexual e identidade de gênero;

– a elaboração e implementação do II Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT;
– a priorização de recursos orçamentários para consolidar as políticas públicas já existentes para LGBT, bem como efetivar políticas novas, como o Sistema Nacional de Promoção de Direitos e Enfrentamento à Violência contra LGBT, lançado oficialmente em Brasília ontem (27) pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República;
– garantir a manutenção dos avanços conquistados na saúde pública, especialmente na área do HIV/aids;
– a mobilização da base aliada do governo pela rejeição no Congresso Nacional do Projeto de Decreto Legislativo 234/2011, a chamada Cura Gay”, bem como do PEC 99, que prevê a inclusão de entidades religiosas de âmbito nacional na lista de instituições que podem propor ação direta de inconstitucionalidade ou ação declaratória de constitucionalidade ao Supremo Tribunal Federal;
– a defesa do princípio do Estado laico nas ações do governo.
Além disso foi conversado sobre uma parceria com o IBGE para que inclua em sua pesquisa questões ligadas aos LGBT possibilitando ter dados mais concretos do cenário da população do nosso País. A presidenta se comprometeu a implantar políticas públicas de combate à homofobia.

“Estado tem o dever de defender e impedir a violência e a discriminação de todos e todas, inclusive por orientação sexual e identidade de gênero”, declarou ela.



Facebook A Liga Gay

Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Myke Fonseca

Ativista LGBT, Vice presidente do MEL (Movimento do Espírito Lilás - Movimento Gay de João Pessoa) - Formado em Marketing, atua nas áreas de Design Gráfico, Web Design e Assessoria de Marketing, Empreendedor e Cooproprietário dos sites: http://www.aligagay.com e http://www.portalinboox.com

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest