Avenida Brasil: Roni assume ser homossexual e é expulso do time

0

A homofobia está de volta em Avenida Brasil, o personagem Roni (Daniel Rocha), que já deixou de ir para um time maior porque um olheiro disse que não aceitava gays em seu clube, desta vez será expulso do seu próprio time, logo após se assumir para o seu amigo.

Leandro (Thiago Martins) vai jogar no Flamengo, e Roni resolve ter uma conversa definitiva com o amigo e contar sobre sua orientação sexual. A conversa acontece no clube do Divino e um outro jogador ouve toda a revelação e conta para todas as pessoas. O boato logo cai no ouvido de seu pai Diógenes (Otávio Augusto), que fica inconformado.

Para não manchar a imagem do time, Roni é convidado a deixar o clube. O jogador fica revoltado com o preconceito e se vê sem Suelen (Ísis Valverde), Leandro e o futebol, mas vai tentar dar a volta por cima e seguir com a carreira de estilista.

As cenas irão ao ar nos próximos capítulos da novela.


Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest