Confira uma carta que Sigmund Freud escreveu para a mãe de um homossexual

0
Sigmund Freud
O criador da psicanálise Sigmund Feud certa vez escreveu  para uma mãe que estava sofrendo por seu filho ser gay e estava procurando tratamento para ele. Então ele respondeu por meio de uma carta datada de 1935:
“A homossexualidade é, seguramente uma desvantagem, mas não há nada de que se envergonhar, nenhum vício, nenhuma degradação, não pode ser classificada como uma doença; consideramos que seja uma variação da função sexual, produzida por uma parada certa do desenvolvimento sexual. Muitos indivíduos altamente respeitáveis ​​de tempos antigos e modernos foram homossexuais, vários dos maiores homens entre eles (Platão, Michelangelo, Leonardo da Vinci, etc) É uma grande injustiça perseguir a homossexualidade como crime -.. e uma crueldade, também “.
Os tempos eram outros, mas o pensamento dele era inovador.
A Liga Gay

Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest