Marta Suplicy diz que vai continuar a lutar pelos LGBT no Ministério da cultura

0
Marta Suplicy
Foto: Pablo Valadares/Agência Senado

Marta Suplicy, que deixa o Senado e assume o cargo de ministra de Cultura nesta quinta-feira 13, disse que vai continuar a defender a cidadania dos LGBT

“A vida é feita de desafios. Atender ao honroso convite que me foi feito pela presidenta Dilma é mais um deles. Assumo o Ministério da Cultura certa que poderei inovar e contribuir para um Brasil mais respeitoso e harmonioso em sua diversidade cultural, dentre a qual se inclui a população LGBT com sua identidade própria.

Não abandonarei nenhum de meus compromissos históricos, apenas farei a defesa deles num outro espaço institucional. Estou certa que a cultura pode ser, também, o instrumento adequado para a garantia dos direitos de cidadania.” disse Marta em seu perfil no Facebook.

Com Marta no senado o movimento LGBT volta seus olhares para seu suplente, o vereador Antônio Carlos Rodrigues (PR-SP). Ele é ligado a religiosos da zona sul de São Paulo, o novo senador é contra a união civil entre pessoas do mesmo sexo. 

Os ativistas dizem ter medo de que Rodrigues prejudique o andamento do PLC 122 no Congresso, caso assuma a relatoria do projeto de lei. A proposta já havia tramitado na Câmara dos Deputados entre 2001 e 2010, quando foi arquivada. Em 2011, Marta retirou o projeto da gaveta e o colocou na pauta, assumindo a relatoria.
A Liga Gay

Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest