Movimento do Espírito Lilás muda de local e irá ministrar cursos profissionalizantes

0

O ano de 2014 começou bem para o Movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) de João Pessoa, o Movimento do Espírito Lilás (MEL) dá início a um novo período, com nova estrutura e nova sede, e promete muitas coisas para este ano de 2014. Na próxima sexta-feria, 14 de fevereiro, será feita a inauguração de sua nova sede e lançamento do Centro de Formação para LGBT (CEFOR-LGBT), que promete ser um dos maiores projetos ministrados pelo MEL. O CEFOR-LGBT contará com cursos profissionalizantes de vários níveis, neste primeiro semestre irá inciar com cursos de Libras, Português e Auxiliar Administrativo, ainda haverá também cursos de DJ, Fotografia, Depilação, Corte e Costura entre outros que ainda estão sendo analisados pela equipe administrativa do MEL.

“O projeto do CEFOR LGBT é um sonho realizado, nosso grande objetivo é qualificar os LGBT para o mercado de trabalho, e nós temos como público principal as transexuais e travestis que enfrentam em sua grande maioria uma dificuldade imensa para ingressarem no mercado de trabalho, tanto devido ao preconceito, quanto ao fato de que a grande maioria são expulsas de casa muito novas, o que muitas vezes as impossibilita de concluir o ensino fundamental ou médio e isso dificulta ainda que elas venham a obter um emprego no mercado formal, nós também temos como interesse formar essas pessoas para que elas venham a trabalhar de forma autônoma e independente, gerando para elas uma forma de renda.” – Disse Myke Fonseca, vice presidente do MEL

Além dos cursos, o MEL está realizando toda sexta-feira rodas de diálogos com temas importantes e muitas vezes polêmicos, só neste início de ano já houve três importantes debates, sobre Direitos civis para LGBT, Casamento Civil Igualitário e Homofobia, ainda haverá debates sobre transfobia, surdofobia, bifobia, machismo, preconceito no carnaval e muitos outros, fora isso, haverá também o acompanhamento do 3º Ano do Bloco da Diversidade que é uma realização de todo o movimento LGBT de João Pessoa. O bloco que sairá no dia 22 de fevereiro do primeiro Karaokê da lagoa (Karaokê de Diórgenes) e irá até o Ponto de Cem Reis tem como foco principal o combate ao preconceito e violência contra homossexuais, que vem tomando uma onda crescente nos últimos anos.
O projeto para o carnaval este ano está bem mais abrangente, durante o bloco das virgens haverão tendas dos principais orgãos institucionais de combate ao preconceito contra LGBT, Secretaria da Mulher e Diversidade Humana, Centro de Referência LGBT, Cordenadoria LGBT e de Equidade Racial, Delegacia de Crimes Homofóbicos, Defensoria Pública Estadual e Tendas do Movimento LGBT, além disso os artistas que irão cantar no trio das virgens irão estar dando seus recados no momento em que desfilam nos trios elétricos pela Epitácio Pessoa, e em uma campanha de vídeo que será veiculada pela internet chamada de “Amigo LGBT”, onde os artistas locais fazem suas declarações contra o preconceito com LGBT.

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest