Nova Schin é acusada de discriminar travestis

0
comercial Nova Schin

A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) divulgou ontem(28), um ofício enviado ao Conar, no qual pede a “imediata retirada do ar do comercial ‘Festa de São João’, da empresa Nova Schin”, por discriminação contra travestis.

Na propaganda, um homem descobre que a mulher pela qual está interessado é um travesti. Após perceber o engano, ele vira motivo de chacota entre os amigos. O comercial é narrado por um repentista e baseado na linguagem da literatura de cordel.
Em nota, a ABGLT afirma que “o comercial contribui para referendar e banalizar essa discriminação, ridicularizando a personagem travestida”.

“Para entender nosso posicionamento, bastaria ridicularizar a personagem do comercial por causa da cor de sua pele ou por causa de sua raça, para perceber que o conteúdo é discriminatório”, disse a AGBLT em nota.

A Schincariol afirmou, por meio de comunicado, que “conduz seus negócios com retidão, ética, integridade e respeito pela dignidade de cada indivíduo e, portanto, não tolera qualquer discriminação”. A empresa disse ainda que “não houve intenção de ofender ou discriminar qualquer pessoa” e que, até o momento, não recebeu nenhuma notificação do Conar.

Para assistir o vídeo (clique aqui)
Facebook A Liga Gay



Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest