Filmes

Mateus Solano fala sobre beijo gay em “A novela das 8”

No filme “A novela das 8” serão mostrados vários dramas um deles fala da descoberta da homossexualidade e terá Mateus Solano como um jovem diplomata, e o estreante Paulo Lontra, um adolescente filho de pais guerrilheiros, como personagens principais. Mateus Solano (que além de lançar o filme está no elenco de Gabriela, como Mundinho Falcão) conversou com a coluna GPS do site da Revista Veja nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro. Confira o que o ator falou sobre o seu Beijo Gay no Filme:


Uma das cenas mais comentadas do filme é a do beijo gay que você protagoniza com Paulo Lontra (que interpreta Caio). Está na hora de exibirem um beijo gay também nas novelas das 8?

A televisão dá ao espectador o que ele está pedindo e o público ainda não quis ver dois homens se beijando. Beijo gay é algo que já existia na sociedade muito antes de qualquer novela ir ao ar. Acredito que esse beijo gay masculino ainda não foi exibido porque o público ainda não quis ver.

Você se preparou para essa cena?

Sinceramente, não. Faz parte do meu trabalho como ator e está na categoria de coisas que não faço na minha vida pessoal, mas que o papel pede. E não é uma novidade na minha carreira. Já havia feito duas outras cenas de beijo gay. Uma foi para a novela “Um Só Coração”, que acabou cortada. A outra foi no teatro, com o Álamo Faço [atualmente em A mulher invisível, como Wilson].

Seu pai é diplomata [é o atual embaixador do Brasil na República Dominicana], o que proporcionou a você um contato próximo com essa carreira: a mesma de João Paulo, seu personagem no filme. O que existe de autobiográfico em seu personagem?Não diria que esse é um personagem autobiográfico. Levei para ele sentimentos que observei serem comuns nessa profissão. Muitos deles são sorridentes, falantes, mas, no fundo, sentem tristeza e uma grande solidão. São pessoas que não podem criar raízes em um lugar e que sabem que, quando fazem amigos, vão ter de deixá-los, vão ter de se mudar para algum outro lugar do mundo três anos depois de chegar.

Aos 30 anos de idade, você não viveu os tempos de ditadura. Chegou a assistir a algum capítulo da novela Dancin’ days, que inspirou a ambientação do filme?
Não cheguei a assistir nada, mas já ganhei os DVDs. O que mais chamou minha atenção no roteiro foi a história dos personagens. Cada um deles daria um filme inteiro— do policial a favor da ditadura que faz uma reflexão sobre por que caça guerrilheiros ao que diz para não atirarem nele porque é testemunha de Jeová.

E qual é a sua novela das 8 preferida?

Não tenho uma. Até pouco tempo atrás, achava que era “Que Rei Sou Eu?!”, mas descobri que essa novela foi das 19h00.

Comentários

Comentários

Mostrar mais

aligagay

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo