Grindr: Alunos vazam nudes de professor nos Estados Unidos

0

Professor gay é vítima de alunos no Grindr

O professor David Laughinghouse foi vítima de seus alunos em uma “brincadeira” com a sua prática sexual no aplicativo Grindr e foi suspenso na escola que lecionava, Brian Anderson e Brittney Luckenbaugh ambos de 16 anos são os responsáveis pela “pegadinha”. Eles fingiram ser um homem de 35 anos de idade no aplicativo de relacionamento e após conseguirem as fotos do professor nu, enviaram para todos os colegas.

David é professor de francês na Swansboro High School e foi suspenso como forma de resposta aos pais dos alunos, seu nome foi retirado da porta da sala de aula, por causa do aborrecimento dos pais, ele foi reintegrado mas foi transferido para um laboratório de mídia em outra escola para ensinar à distância.

jovens catfishing

Um mandado foi expedito para o Xerife do condado de Onslow, nele os jovens são acusados de “divulgaram conscientemente uma imagem de outra pessoa … sem o consentimento afirmativo da pessoa representada”, ambos foram liberados com fiança de U$5.000  e irão comparecer ao Tribunal do Distrito no dia 15 de Junho.

Uma petição online ainda reclama da perseguição que o professor vem sofrendo.”Ele ainda está sendo punido depois de se tornar uma vítima”, diz a petição no change.org que já conta com quase 5 mil assinaturas.

No Brasil um projeto de lei foi aprovado na câmara dos deputados sobre vazamento de nudez na internet, e se aprovado nas outras instâncias o acusado deverá pagar pena de 3 meses a 1 ano de prisão.

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest