Presidente do Zimbábue ameaça gays do país

0
Os casos de assassinatos e ódio aos homossexuais na África estão ficando cada vez mais sérios, após o presidente de Uganda assinar uma lei que pune com pena de morte pessoas homossexuais, e depois de um homossexual ser queimado vivo em frente de toda a comunidade, fato esse que foi noticiado em vários sites de notícias de todo o mundo, agora o presidente do Zimbábue quer a decapitação de homossexuais no país.
Robert Mugabe descobriu a existência de homossexuais em seu país, o que não é nenhuma novidade no país tendo em vista que lá existe um grupo de ativistas LGBT que há anos trabalham no país e até conhecem o presidente. Segundo o site “Universo Gay” o presidente está querendo implantar também a pena de morte no país e que iria permitir a decapitação dos homossexuais, mostrando o tamanho da homofobia e do preconceito do presidente.

“Eu não sabia até que me foi dito antes de ontem (sobre a existência de homossexuais no Zimbábue) Por isso, queremos ver quem se encontra no grupo” disse Mugabe.


Facebook A Liga Gay

Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest