UFC contrata sua primeira atleta assumidamente lésbica

0
Liz Camouche
O UFC (Ultimate Fight Shampionship) contratou sua primeira atleta assumidamente homossexual. E de uma forma que, possivelmente, nem o próprio UFC percebeu. Liz Carmouche,  além de uma das duas primeiras lutadoras femininas do UFC, é a primeira atleta assumidamente homossexual da história de quase 20 anos do evento.

Carmouche vem de duas vitórias consecutivas na Invicta FC, ela trabalha na Marinha dos EUA como técnica de helicópteros e esteve por anos no Oriente Médio. Foi lá que Liz Carmouche descobriu sua orientação sexual, que nunca foi omitida pela lutadora de sete vitórias na carreira.

Não é a primeira vez, porém, que o UFC dá a oportunidade de um atleta abertamente homossexual entrar nas lutas. Dakota Cochrane, ex-ator pornô gay, teve uma chance de entrar na casa da décima quinta temporada do The Ultimate Fighter, porém acabou derrotado na fase preliminar, o que não conta como uma luta oficial dentro do UFC.

É uma excelente atitude do evento, principalmente por deixar claro que não escolheu Carmouche por conta de sua orientaçãp sexual, mostrando que dentro do octógono e nas artes marciais, não há preconceito de nenhum tipo.

A Liga Gay


Compartilhe:

Comentários

Comentários

Compartilhar

Sobre o Autor

Nós somos um website especializado em conteúdo voltado para LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Com novidades sobre famosos, músicas e notícias em geral.

Os comentários estão fechados.

Pin It on Pinterest