EntretenimentoEventosFestivaisShows
Tendência

Festival Rec-Beat traz explosão musical com diversidade, novos talentos e grandes ícones da cultura brasileira.

Rec-Beat está de volta ao carnaval do Recife com um line-up incrível: Bala Desejo, Mestre Ambrósio, Conde Só Brega, Deyse Tigrona e Getúlio Abelha em um festival imperdível de diversidade musical e engajamento social!

O Festival Rec-Beat, um dos mais importantes e tradicionais festivais de música do Brasil, está de volta ao carnaval do Recife com uma atitude vanguardista em explorar diferentes cenas e gêneros musicais, mas sem perder de vista a tradição. O evento acontecerá nos dias 18, 19, 20 e 21 de fevereiro no Cais da Alfândega econtará com um line-up que contempla talentos do cenário local e nacional, além de atrações internacionais inéditas.

 

Entre os nomes confirmados está o grupo Bala Desejo (RJ), que se apresentará pela primeira vez na capital recifense. Com uma ascensão meteórica, a banda estreou com o elogiadíssimo projeto Sim Sim Sim (2022), vencedor do Grammy Latino na categoria de “Melhor Álbum Pop em Português”. O Bala Desejo flerta com a bossa-nova, o indie pop, o pop rock e as referências tropicalistas, impulsionado por uma reinvenção da estética setentista.

 

Outro destaque do festival é Mestre Ambrósio (PE), grupo histórico que fez parte do movimento manguebeat. A banda apresenta um espetáculo catártico que marca o seu retorno em comemoração aos seus 30 anos de criação, fundindo o rock a ritmos tradicionais da cultura popular.

O Conde Só Brega (PE), ícone da cultura local e expoente de um dos ritmos mais importantes de Pernambuco, também está confirmado entre as atrações. Após uma parceria com o cantor João Gomes, o artista repaginou suas redes sociais e vem lançando projetos colaborativos com novos talentos da cena nacional, em consonância com sua nova fase na carreira.

 

A lenda viva do funk Deize Tigrona (RJ) sobe no palco do festival ao lado do produtor paulista Mu540 (SP), um dos principais cientistas sonoros da atualidade. Além dos seus sucessos, a dupla apresenta o disco Foi Eu Que Fiz (2022), que marcou a retomada da carreira de Deize após um longo hiato sem inéditas.

Outro nome que chega ao festival com uma longa trajetória na música brasileira é MC Marechal (RJ), no ofício do rap desde 1998. Pioneiro em seu estilo de rimar e produzir, o artista foi fundador do Quinto Andar, um dos primeiros grupos a trabalhar com o Rap Alternativo no Brasil. Influenciado pelas intersecções entre o hip hop e o jazz norte-americano, o coletivo deixou sua marca abrindo um leque de possibilidades na estética e nos assuntos que a cultura do rap nacional passou a abordar.

 

Além disso, o piauiense radicado em Fortaleza, Getúlio Abelha (CE), trará sua fusão de forró, calypso e brega, a uma linguagem pop e eletrônica. Tudo isso potencializado por um show visual e performático, que dialoga com políticas de gênero, sexualidade e críticas ao conservadorismo. Ele apresentará canções de Marmota (2021), seu álbum de estreia pelo selo Rec-Beat, que sintetizam sua sonoridade eclética e experimental.

Com essa mistura de ritmos e mensagens, a música de Getúlio Abelha busca representar e dar voz a minorias e marginalizados, além de promover reflexões sobre a sociedade contemporânea. Seu trabalho tem sido reconhecido por críticos e público como uma nova proposta de renovação da música popular brasileira.

Portanto, a apresentação de Getúlio Abelha promete ser um dos destaques do evento, oferecendo ao público uma experiência única e envolvente, que vai além da música em si, trazendo questões sociais e políticas para o palco e para o debate público. É um show imperdível para quem busca novas sonoridades e ideias.

A edição deste ano contará com cinco atrações internacionais inéditas, com forte predominância de ritmos africanos. São eles: Djely Tapa (Mali), Simon Winsé (Burkina Faso), Kizaba (Congo), Purahéi Soul (Paraguai) e O. (Reino Unido). Esses nomes se juntam a outras atrações já confirmadas no line-up. Ao longo dos seus 28 anos, o Rec-Beat se consolidou como um dos festivais mais ecléticos e inovadores do país, com uma curadoria atenta à multiplicidade estética da música contemporânea, sempre apresentando artistas e shows inéditos ao público.

 

[Best_Wordpress_Gallery id=”45″ gal_title=”REC-BEAT”]

FESTIVAL REC-BEAT 2023

De 18 a 21 de fevereiro a partir das 19h
Cais da Alfândega, Bairro do Recife
Acesso gratuito

Confira a programação completa:

Sábado, 18 de fevereiro

19h – DJ roupaspreta (SE/PE)
19h30 – Vitória do Pife (PE)
20h40 – Purahéi Soul (Paraguai)
21h50 – Bela Maria (PE)
23h10 – Joe Silhueta (DF)
0h25 – Conde Só Brega (PE)

Domingo, 19 de fevereiro

19h – Makeda (PE)
19h30 – Afoxé Omô Nilê Ogunjá (PE)
20h40 – Joyce Alane (PE)
21h50 – Djely Tapa (Mali)
23h10 – Deize Tigrona & Mu540 (RJ/SP)
0h25 – Getúlio Abelha (CE)

Segunda-feira, 20 de fevereiro

19h – Calani (PE)
19h30 – BARATINO LOKO com Laryssa Real, MC CH da Z.O, Mun Há e Marley no Beat (PE)
20h40 – Slipmami (RJ)
21h50 – Simon Winsé (Burkina Faso)
23h10 – Suratas do Tapajós (PA)
0h25 – Mestre Ambrósio (PE)

Terça-feira, 21 de fevereiro

19h – DJ MX (PE)
19h30 – Batalha da Escadaria (PE)
20h40 – MC Marechal (RJ)
21h50 – Kizaba (Congo)
23h10 – O. (Reino Unido)

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo